Disciplina - Arte

Camille Claudel - A exposição de Rodin

Camille Claudel, Drama/Biográfico, França, 1988, 166 min. - Direção: Bruno Nuytten.

O filme retrata a vida pessoal e intensa da escultora francesa Camille Claudel, que nasceu em 1864 e morreu em 1943, em um manicômio em Paris. A história aborda a natureza emocional e impulsiva da artista. Em 1885, a jovem escultora entra em conflito com sua família ao se tornar aprendiz e, depois, assistente do famoso Auguste Rodin. Quando se torna amante do mestre (que já era casado), cai em desgraça junto à sociedade parisiense, embora tenha amigos do porte do compositor Claude Debussy. Depois de quinze anos de tortuoso relacionamento com Rodin, Camille rompe o romance e mergulha cada vez mais na solidão e na loucura. Em 1913, uma semana após a morte do pai, seu grande incentivador, é internada em um manicômio, por iniciativa de seu irmão mais novo, o escritor Paul Claudel, onde passa os últimos 30 anos de sua vida.

Este trecho mostra o processo de trabalho de Camille, no gesso, além da abertura da exposição de Rodin e todo o preconceito sobre a nudez das esculturas.

Idioma/Legenda: Francês/Português.

Palavras-chave: Camille Claudel, Paris. Escultora. Auguste Rodin.

Duração:03min43s.

* Todas as informações contidas nesse vídeo referem-se ao período de sua edição.

  • 5969
  • 121
Fechar

Campos com (*) são obrigatórios.

fechar

Copie o código abaixo e insira em sua página:


Ou compartilhe através dos sites:

Fechar

Mais Informações